PESQUISAR

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Escrito pela mãe da dona do blog- Cecilia

De vez em quando resolvo contar as histórias de minha infância para meus filhos e numa dessas minha filha morreu de rir literalmente ...quando criança fui um pouco pobrinha...mas todas as férias de janeiro meus tios de Curitiba irmãos da minha mãe enviavam passagens de ônibus para passarmos nossas férias na casa do meu avô em Curitiba. Era muito bom pois passeávamos bastante ...me lembrei que eu adorava ir ao cemitério todos os domingos em companhia dos tios e tias e minha mãe ,para limparmos o malzoléu da família e na hora de irmos embora rolava a famosa pipoca cor de rosa na carrocinha do lado de fora do cemitério ( por isso que eu gostava de ir , é claro ) minha mãe pedia que eu e minha irmã pegássemos um balde com água numa torneira ao final das tumbas , eu devia ter uns 8 anos...então imaginem a cena : carregando um balde cheio de água que respingava tudo no meu pé ...quando chegava quase não tinha mais água nenhuma ...minha mãe e os irmãos dela ficavam arrumando ,limpando ,esfregando, etc...quando minha irmã me dizia : - vamo olhar quem morreu? Foi quando Rebeca morreu de rir....ela entendeu que eu e minha irmã ficávamos molhando os túmulos dos outros...tive que explicar que ficávamos olhando as fotos e as datas dos falecimentos ...se eram crianças ou velhos....conclusão:- essa história toda para eu poder explicar que o que eu queria mesmo era ir ao cemitério para comer a pipoca ....rsrsrsrs.

7 comentários:

Rebeca Kim disse...

mas pô, assim parece que eu sou doida!! mas não foi nada assim, eu só ri porque meu pai ficou fazendo mimica de vocês molhando quem morreu... e ainda falou que ele era o mauricio ricardo!
e po, você pega um balde dagua e fala "vamolhar quem morreu" vamos o que? molhar, né? HAHAHAH

Cláudio disse...

O culto aos antepassados ainda é muito forte no Japão... Eu particularmente lembro com muito carinho de algumas pessoas que já se foram... Meu pai e minha mãe, meus avós... minha madrinha e alguns amigos! Eles continuam me inspirando em muitas de minhas decisões...
Eu preciso dizer que não ia com elas... mas agora, quem come pipoca com meus antepassados, sou eu! ... rsrsr

Cecilia disse...

Foi porque eu queria contar ´rapido o que acontecia e o que eu queria mesmo era comer a pipoca...e esquecí de contar que eu morria de medo.

Anônimo disse...

rsrsrrs hilário essa história. Eu tb adorava brincar de cemitério...matava formigas e fazia as sepulturas para enterra-las e ainda enfeitava com florzinha!!!
RMara

Rebeca Kim disse...

tio, a pipoca rosa é realmente a mais gostosa!! rs

aahh táá rsrs fala isso pra João, mãe.

serio??? que loucura!!! também é uma história hilaria! hahaha beeeeijos tia

Cecilia disse...

Caramba !!! Tia Ruth por aqui!!! Muito legal !!! Gostei da história dela também...

Marise disse...

que histórias ótimas hein!!!rsrsrsrsrsr